Desmistificando o que é orgânico e natural: De acordo com a IUPAC, a química orgânica é aquela que compreende aos compostos de carbono (como nosso DNA, proteínas, formaldeído, amônia, anéis aromáticos – alguns considerados cancerígenos, etc). A partir da década de 1780 que surgiu a classificação entre compostos orgânicos (obtidos a partir de organismos vivos) e inorgânicos de fontes não vivas.
Aliás, compostos orgânicos podem ser obtidos através de fontes inorgânicas em que primeira síntese foi conseguida por Friedrich Wohler em 1828.

Por que alguns produtos da marca não são passíveis de certificação?
Pois alguns possuem pigmentos sintéticos. Vale ressaltar que a Arielle Morimoto Cosmetics opta pela a utilização desses para disponibilizar cores intensas que não seriam possíveis através de insumos naturais, porém, visando a segurança do consumidor. Além disso, utilizamos os mesmos como alternativa para insumos derivados de animais. Queremos atingir um público maior que procura o melhor dos dois mundos: ciência junto à natureza.
As porcentagens de pigmentos sintéticos nos produtos até agora lançados, variam de 0,9%-3,6% nos delineadores líquidos coloridos, a 8-20% nas sombras e 1,82-4,55% nos batons hidratantes, tendo o restante da formulação natural.

Tudo que é natural é melhor?
Não necessariamente. De acordo com o IFRA (International Fragrance Association), há inúmeros óleos banidos para consumo direto. A Arielle Morimoto Cosmetics foca em não utilizar ingredientes comumente encontrados em cosméticos convencionais que possam ser deletérios à nossa saúde (tais como ftalatos, parabenos, laurel sulfato de sódio, BHT, PEG, etc). Tendo isso em vista, a formulação natural embasada em produtos derivados de ingredientes naturais e de cultivo orgânico, é muito mais segura a ser utilizada a curto, médio e longo prazo, jamais desmerecendo que a pesquisa científica de ingredientes naturais à favor dos nossos cosméticos, já que muitos dos nossos produtos são certificados como 100% naturais e com alguns ingredientes de cultivo orgânico, valorizando o público que preza a segurança e qualidade nos cosméticos frente aos convencionais.

Os produtos são antialérgicos?
Não. No caso dos pigmentos, eles não são alergênicos e o restante da formulação foi realizada de forma a minimizar a possibilidade de ocorrência de alergias. Para considerar um produto antialérgico, deveríamos utilizar medicamentos anti-histamínicos e não se aplica no nosso mercado de cosméticos. Também não são hipoalergênicos, pois não foram testados através da ANVISA em humanos, não havendo necessidade de oferecermos esse claim já que a maioria das alergias que ocorrem são dos ingredientes que não utilizamos e varia de pessoa para pessoa.
O nosso sistema imunológico possui um tipo de memória, sendo que você pode desenvolver uma alergia que nunca teve por conta da exposição , assim como já nascer com ela. Por isso, a marca acredita que para toda regra há uma exceção como na ciência e preferimos não garantir isso à todos.

Arielle Morimoto Cosmetics reitera aos nossos consumidores que unimos a ciência com a natureza para formular nossos produtos. Tendo isso em vista, nossa ideia é atender os consumidores de marcas convencionais (que são referência em cores e intensidade) porém que procuram produtos com uma formulação muito mais natural, segura e menos passível de causar alergias. A base natural das nossas formulações é o nosso diferencial em frente às convencionais, já que possuem efeitos benéficos à nossa pele.

Nosso ideal é produzir cosméticos com formulações mais naturais possíveis, e quando não completamente, utilizamos pigmentos sintéticos para conferir intensidade e fixação.
Os pigmentos sintéticos/inorgânicos em alguns dos produtos da marca Arielle Morimoto Cosmetics foram escolhidos como alternativa de insumos animais e além disso, são testados para metais pesados de acordo com a legislação mundial. Nossos fornecedores são os mais consagrados em pureza na Europa e no mundo.